domingo, 9 de março de 2014

"QUEIMA COMO FOGO"

"QUEIMA COMO FOGO"

Deixa-me sentir este fogo.
Que queima a minha alma fria
E o meu corpo podre...
Lançar-me nas chamas deste inferno
Que cobiça a minha alma..

Transformada em cinzas por instantes.
Morrer de dor que teima em mim.
Nos lençóis de cetim.
Nos teus braços de amante.

Embora morra por dentro e por fora
Por um amor insano que demora
Apenas um segundo…feito em cinzas.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca