terça-feira, 19 de junho de 2018

TENHO 💕 🌸







TENHO 💕 🌸

Tenho por ti um amor
Que me queima a alma
Que me fere coração
Um desejo tão grande
Que me deixa louca
De tanta paixão
Que me enche o peito
Com uma inspiração
Para te amar
Beijar, abraçar
Embarcar no teu labirinto
Sem ter explicação
Para me perder nos teus braços.



Isabel Morais Ribeiro Fonseca
💕 🌸

quinta-feira, 14 de junho de 2018

🌸 ETERNO INVERNO 🌸 MALDITAS OU SERÁ


MALDITAS OU SERÁ

Malditas, ou será benditas
Estas insónias que me atormentam
Dentro da minha alma 
Noites que não me adormecem
Passo-as em claro, no compasso das horas 
Insónias insuportáveis, demoradas
Nascem nas manhãs, ardem-me as retinas 
Insónias criativas na minha idade
Dores em silêncio para amar 
Olho para ti, como eu tanto gosto
A noite, o silêncio e tu 
Para amar nas palavras perdidas
Destas malditas ou benditas insónias. 💕🌸




"ETERNO INVERNO"

Há noites que são imensas como um eterno inverno
Feitas de montanhas mudas e ventos cortantes
Noites de sonho ou realidade carregadas de volúpia
Vestiu-me de amor e despiu-me de saudade
Desapareceu escurecendo os sonhos
Que trazem lembranças, nas asas velozes

Há noites que tornaram-se pequenas torturas
Lutam de esperanças entre nuvens, aurora vencida.
O canto do pássaro à janela, cansado do silêncio já vencido
Sentimentos apalpados ao toque dos sonhos adormecidos

Aquecido pelas notas musicais, nos ponteiros do relógio
Bebo o doce o amargo da agonia para esquecer
A sombra dos teus olhos, tento esquecer a realidade
Cega de lembranças, adormeço e sonho  noites melhores.  💕🌸


Isabel Morais Ribeiro Fonseca 💕🌸

segunda-feira, 11 de junho de 2018

🍎🌸 NUM MAR 🌸



NUM MAR 🌸

Num mar de despedidas
Folhas tristes à minha porta
Nos pássaros já feridos
Eu serei mais uma mulher
Que anda sem pressa da idade
Vou deitar fora o meu mau humor
Para não me ferir mais no próximo
Amanhecer que estaremos juntos
E quando a loucura chegar, se chegar
Que não me traga mais solidão
Vou deixar voar as minhas borboletas
Sem perder uma simples lágrima
Entre as  palavras vazias
Onde darei grandes gargalhadas
Nas folhas perdidas no outono
Pois estaremos juntos quando amanhecer.

🍎🌸

Isabel Morais Ribeiro Fonseca


terça-feira, 5 de junho de 2018

🌹 AMOR 💝 🌹



AMOR 💝

Esperei mil anos
Mil anos de amor
Mil anos à tua espera
À tua procura
Por isso
Quando sentires
Um sopro de vento
No teu rosto
Não te assustes
Sou eu amor
Que venho
Buscar o teu amor
Se me sentires tocar -te
No teu corpo
Sou eu amor
Que venho
Buscar o amor
Que tu
Me juraste um dia
Esperei mil anos
Sem dúvida
Esperaria mais mil
Por ti meu amor .   🌹


Isabel Morais Ribeiro Fonseca  🌹