terça-feira, 11 de março de 2014

" INQUIETAÇÃO"

" INQUIETAÇÃO"

Fogo lento desta minha inquietação
Que arde por dentro neste meu desassossego
Minha e só minha esta podridão
Língua inatingível de uma fogueira.
Sinto-me uma indigente, choro de raiva
Falta-me a compreensão
Adormeço de dor que arde no peito.
Feito em cegueira, para queimar o que sinto.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca