sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

"HABITAM AS PALAVRAS"

"HABITAM AS PALAVRAS"

De todas as palavras que habitam
No meu corpo, na minha alma
São as horas feitas de silêncio
Que fazem-me ver ao longe
De sentir outros aromas
Silêncios que são tão meus
Que só o coração pode traduzir
Indestrutível, inabalável.
Escrevendo o teu nome
Nas paredes aquecidas
Do meu coração aconchegado
Feito em flor na primavera.
Florida no meu peito.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca