quinta-feira, 31 de julho de 2014

"PEDAÇOS DA ALMA"

"PEDAÇOS DA ALMA"

Ser mãe é amar, chorar, sofrer
Mas o pior disso é ficar sem ti.
No bom sentido
É ver-te voar, ganhar asas, sair do ninho
Os meus meninos são violetas azuis
As minhas meninas são rosas vermelhas
Afinal eles são oito
São oito flores das mais belas do mundo
Ser mãe é sermos universais, lutadoras
Hábeis, elegantes, responsáveis, especiais
Mas no fim somos simplesmente mulheres
Os filhos são os toques mágicos de carinhos
Entre o amor de um homem e uma mulher
São os nossos maiores tesouros de grande beleza
São o melhor de nós mesmos
Tesouros perdidos, esquecidos nos mares
Recuperados do nosso coração
Carne da nossa carne, sangue do nosso sangue,
Pedaços da nossa alma.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca