domingo, 15 de dezembro de 2013

"TERÇO NA MÃO"


 "TERÇO NA MÃO"

Rezo o meu rosário.
Sopra o vento e eu não oiço.
A chuva cai nos canteiros.
O aroma a terra molhada.
A fragrância perfumada da natureza
Peço a Deus entre as contas do rosário
Senhor, a tristeza deixou um rastro no meu coração
A minha alma tem um ninho de dor e solidão
Rezo o rosário e adormeço com ele na mão.!

  
Isabel Morais Ribeiro Fonseca