quarta-feira, 2 de julho de 2014

"DORMEM OS SONHOS"

"DORMEM OS SONHOS"

Os sonhos dormem.
Dormem embalados
Por desencantos
Adormecem nos dias mornos
Dos céus cinzentos
Sonolentos de dia
De noite onde vivem
Sem abrir os olhos.
E as flores secam
No jardim de repente
Como os orvalhos sem manhãs.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca