sexta-feira, 11 de outubro de 2013

GRÃOS DE AREIA


Não sei quantos grãos de areia
Tem a areia do mar.
Não sei o fim da minha estrada
Sei apenas que amo...e vivo para amar.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca